Cristo aparecera pessoalmente na Terra?

Sim. Ele aparecerá em Pessoa para os judeus, os quais Ele introduzirá em uma bênção espiritual e temporal permanente (Zc 12:10). Veja também Ml 3:1; Ez 43:7; Zc 8:3 etc. Todavia Ele não reinará na terra, mas sobre a terra.

A Igreja será trasladada antes da septuagésima semana de Daniel - Dn 9:27?

Sim. A Igreja é agora o foco das atuais ações de Deus em graça. Depois que ela for trasladada para o céu os judeus passarão a ser o foco de Deus em Suas tratativas e governo.

Qual o significado das palavras: "Aos que em Jesus dormem, Deus os tornara a trazer com Ele"? 1 Ts 4:14

Quando o apóstolo Paulo escreveu a primeira das Epístolas Paulinas, fazia pouco tempo que os tessalonicenses haviam se convertido. Eles estavam vivendo na expectativa imediata da volta do Filho de Deus do céu, mas enquanto esperavam e vigiavam, alguns tinham morrido. O inimigo tentou inquietar a mente daqueles santos novos, que eram afetuosos mas ainda não muito firmes, sugerindo que os irmãos que morreram perderiam algo da glória do reino vindouro. O apóstolo escreve que não é assim, "porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com Ele". Passando pelos versículos 15 a 18, que são um parêntese, ele acrescenta: "Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva". Quando Deus voltar a trazer Cristo ao mundo, Ele irá trazer seus irmãos mortos com Ele. Os versículos que formam o parêntese revelam aquilo que acontecerá previamente. Os mortos serão ressuscitados e os vivos transformados, para juntos encontrarem o Senhor "nos ares". Depois que tiver ocorrido esse encontro "nos ares", Deus trará Jesus e os santos à terra.

A descida do Senhor nos ares sera um evento publico?

Não. O mesmo Senhor descerá do céu nos ares (1 Ts 4:16). "Virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo" (Jo 14:3). Não existe nesta ou em outras passagens qualquer ideia de que será um evento público, mas mostra que o Bendito Senhor virá pessoalmente e sozinho para os que são Seus (veja também Ef 5:27).

A expressao "os mortos em Cristo" inclui os santos do Antigo Testamento?

Não há necessidade de limitar a expressão àqueles que morreram a partir do dia de Pentecostes. Os santos do Antigo Testamento e outros, como João Batista, que tenham morrido antes da descida do Espírito Santo para formar a Igreja no dia de Pentecostes (Atos 2), serão ressuscitados para compartilhar da glória milenial de Cristo. Entendo que eles sejam os convidados para a ceia das bodas do Cordeiro (Ap 19:9), e também os amigos do Noivo (Jo 3:29). A noiva e os convidados certamente são grupos distintos. Ao comando do Filho, "os que são de Cristo, na sua vinda" serão ressuscitados (1 Co 15:23). Será que alguém se atreveria a dizer que os santos do Antigo Testamento não são de Cristo; que não pertencem a Ele?

O que significa "os que morreram em Cristo ressuscitarao primeiro"?

O contraste no versículo é entre os mortos em Cristo e os vivos em Cristo; certamente não entre os justos mortos e os ímpios mortos, como alguns querem sugerir. Como sempre acontece, a questão é decidida pelo contexto. O significado é que "os que morreram em Cristo" deverão ressuscitar antes que os vivos sejam transformados. A prioridade é dada àqueles que dormiram, mas tudo isso acontecerá num piscar de olhos. Portanto os primeiros a responderem ao alarido e ao chamado do Senhor serão os mortos; "Depois nós, os que ficarmos vivos". Esta é a ordem divina, o que parece também concordar com as palavras: "Os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro".

As duas classes de santos serao trasladadas juntas?

Sim. "Nós", referindo-se aos vivos transformados, e "eles", referindo-se aos mortos ressuscitados, "seremos arrebatados juntamente... nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares" (1 Ts 4:17).

Os santos vivos serao transformados e os justos mortos ressuscitados simultaneamente?

Não. "Os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro", isto é, antes que os vivos sejam transformados (1 Ts 4:16). "Eu sou a ressurreição [para os mortos] e a vida [para os vivos]" (Jo 11:25). Esta é sempre a ordem nas Escrituras; primeiro, os mortos ressuscitados, depois os vivos transformados.

Os justos que morreram desde Adao serao ressuscitados para se encontrarem com o Senhor nos ares?

Sim. "Os que são de Cristo, na sua vinda" é amplo e inclusivo e significa que Deus irá varrer os sepulcros, a terra e o mar de cada partícula da preciosa poeira dos redimidos, da morte de Abel em diante (1 Co 15:23; 1 Ts 4:16).

Todos os santos que estiverem vivos na terra irao encontrar o Senhor nos ares?

Sim. A frase " nós, os que ficarmos vivos" engloba todos os santos vivendo na terra quando o Senhor vier (1 Ts 4:17).

Qual a diferenca entre a bem-aventurada esperanca e o aparecimento da gloria? - Tito 2:13

O próprio Senhor Jesus Cristo declarou expressamente ser a "esperança nossa" (1 Tm 1:1). Portanto essa "bem-aventurada esperança" não depende da concretização dos eventos proféticos ou de outra natureza. O mesmo Senhor virá. Muito maior que a glória que causará deslumbramento por seu brilho inigualável, confundindo os planos dos sábios e jogando por terra as orgulhosas e arrogantes pretensões humanas, é a glória da pessoa do Senhor, infinitamente mais profunda por ser distintamente moral. Ansiamos por uma pessoa que virá, o próprio "Jesus, que nos livra da ira futura" (1 Ts 1:10). Esperamos por Jesus, o qual é nossa esperança, e não por uma coroa, harpa, vestes, glória ou reino, mas por Ele. Por isso Ele é apropriadamente chamado de nossa "bem-aventurada esperança" (Tt 2:13)

Postagens mais visitadas